Mundo

4,2 mil milhões para socorristas do 11 de setembro

Este domingo, o presidente norte-americano Barack Obama assinou um decreto lei que determina a atribuição de 4,2 mil milhões de dólares aos sobreviventes e aos primeiros socorristas das vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.
Versão para impressão
Este domingo, o presidente norte-americano Barack Obama assinou um decreto lei que determina a atribuição de 4,2 mil milhões de dólares aos sobreviventes e aos primeiros socorristas das vítimas dos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Esta medida, que já havia sido aprovada pelo Congresso no passado mês de dezembro, visa apoiar sobretudo os socorristas e bombeiros que adoeceram em consequência dos trabalhos de resgate nos escombros do World Trade Center, em Nova Iorque, noticia a agência Lusa.

Os 4,2 mil milhões de dólares (cerca de 3,15 mil milhões de euros) serão obtidos através de uma taxa aplicada a algumas empresas estrangeiras que operam nos Estados Unidos, através de contratos com o Governo daquele país.

O Partido Republicano mostrou alguma resistência à aprovação deste decreto lei, mas cederam depois dos legisladores se comprometerem a reduzir os custos.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub