Ambiente

2ª Circular vai ter ponte pedonal com ciclovia

NULL
Versão para impressão
Vai existir uma nova ponte pedonal sobre a 2ª Circular em Lisboa. Resultado de um concurso aberto pela Fundação Galp Energia, a ponte vai unir a zona norte e sul da cidade, possibilitando aos cidadãos caminharem e andarem de bicicleta. O concurso para a construção da ponte foi lançado esta segunda-feira nos Paços do Concelho pelo presidente da câmara de Lisboa, António Costa.

Na sessão de apresentação estiveram também o vereador José Sá Fernandes e dois administrativos executivos da Galp Energia, Fernando Gomes e Gomes da Silva.

Este projeto enquadra-se no esforço da autarquia para promover formas de mobilidade mais sustentável na cidade. Com esse objetivo foi criado em 2009 um protocolo entre a CML e a Fundação Galp Energia subordinado ao tema “Estrutura Ecológica de Lisboa – Plano Verde”.

O projeto da ponte foi ganho por Telmo Cruz e Maximina Almeida, do gabinete de arquitetura MTX. Os dois arquitetos concorreram ao concurso lançado em 2009 pela Fundação Galp Energia, Experimenta Design – EXD’09, cujo tema era “pontes para um futuro mais positivo”.

Ponte vai ligar Telheiras às Torres de Lisboa

A executar o projeto vai estar António Adão da Fonseca, nome que esteve por trás de obras como a Ponte Vasco da Gama e a Casa da Música, no Porto. A ponte vai completar a ligação entre a ciclovia de Telheiras e as Torres de Lisboa, lê-se no site da CM Lisboa.

António Costa vê esta obra como uma forma de unir duas partes da cidade separadas por “uma ferida”, como intitulou a 2ª Circular. “Este projeto tem uma carga simbólica muito forte, pois simboliza a união de duas zonas da cidade separadas por uma violenta cicatriz que urge cerzir”, explicou na sessão de apresentação do concurso.

O presidente da câmara de Lisboa diz “ter esperança que no séc. XXI a 2ª circular se transforme numa alameda urbana que deixe de ser uma fronteira entre dois lados da cidade, mas sim um elo de ligação”.

Obra estará concluída na próxima primavera

Pretende-se que os construtores sejam conhecidos em outubro, para que as obras comecem ainda em novembro. A obra deve estar terminada na primavera de 2012.

Segundo explica o site, a obra irá dividir-se em duas partes. “A primeira compreende os trabalhos de terraplanagem e de preparação de terrenos onde irá assentar a estrutura metálica; extensão da ciclovia de Telheiras até ao local da ponte, e a construção de todos os acessos relevantes ao local. A segunda é a construção das peças em estaleiro, uma vez que se trata de uma estrutura modular”.

Estima-se que o projeto envolva um total de 1,2 milhões de euros de investimento.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório