Cultura

25 países debatem património de origem portuguesa

Entre os dias 23 e 26 de outubro, a Universidade de Coimbra recebe o II Encontro Internacional sobre Património Mundial de Origem Portuguesa, onde se vão reunir 25 países. O evento vai culminar com a formalização da Rede WHPO (World Heritage of Portu
Versão para impressão
Entre os dias 23 e 26 de outubro, a Universidade de Coimbra recebe o II Encontro Internacional sobre Património Mundial de Origem Portuguesa, onde se vão reunir 25 países. O evento vai culminar com a formalização da Rede WHPO (World Heritage of Portuguese Origin), reconhecida pela UNESCO.

A realidade do património de influência cultural e histórica portuguesa no mundo será o tema central de conferências, reuniões de trabalho e workshops, durante os quatro dias do encontro. Os arquitetos Alexandre Alves Costa e Álvaro Siza Vieira, como oradores convidados, falarão sobre os projetos que desenvolveram em países com património de influência portuguesa.

A constituição da Rede WHPO havia sido definida em 2006, mas o organismo apenas será formalizado no dia 26 de outubro, na sessão de encerramento do II Encontro Internacional sobre Património Mundial de Origem Portuguesa.

Desta forma, junta-se, de forma pioneira, o património cultural de Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Senegal, Gana, Quénia, Tanzânia, Benim, Etiópia, Gâmbia, Nigéria, Índia, China, Malásia, Sri Lanka, Timor Leste, Marrocos, Bahrein, Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, seja ou não classificado como Património Mundial ou de influência portuguesa.

Saiba mais aqui e veja, em baixo, o vídeo promocional do evento.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório