Ambiente

2009 foi o ano mais eficiente a nível ambiental

Cada português reciclou, em média, no ano passado, 67 quilos de resíduos, 13% dos 511 quilos de resíduos urbanos produzidos anualmente por cada cidadão, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Esta percentagem correspon
Versão para impressão
Cada português reciclou, em média, no ano passado, 67 quilos de resíduos, 13% dos 511 quilos de resíduos urbanos produzidos anualmente por cada cidadão, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Esta percentagem corresponde a apenas cerca de 57% da média da União Europeia.

Ainda assim, de acordo com os dados do INE, em Portugal, “as quantidades de resíduos recolhidas seletivamente duplicaram” entre 2004 e 2009, fixando-se no ano passado em 600 mil toneladas, ou seja, cerca de 67 quilos de resíduos urbanos recuperados por habitante.

“A evolução favorável dos últimos anos tenderá a indiciar uma trajetória de convergência com a média comunitária”, salienta à Lusa o INE.

Em termos relativos, a recolha seletiva e consequente reciclagem de resíduos “não obstante ocorrerem algumas perdas até à reciclagem, constitui a operação de gestão que no período em análise mais tem crescido em termos médios”.

“As quantidades de resíduos multimateriais recolhidos seletivamente evidenciaram uma taxa média de crescimento de cerca de 15% ao ano entre 2004 e 2009, claramente superior à evidenciada para o total de resíduos gerados (3%)”, refere o primeiro relatório do INE sobre gestão de resíduos em Portugal.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório