Ambiente

1º coral de água fria encontrado em Espanha

Uma equipa de cientistas espanhóis descobriu um recife coralino de águas frias a 800 metros de profundidade no mar Cantábrico.  O coral descoberto é, segundo os cientistas citados pela agência EFE, uma descoberta importante para a ciência já que
Versão para impressão
Uma equipa de cientistas espanhóis descobriu um recife coralino de águas frias a 800 metros de profundidade no mar Cantábrico. O coral descoberto é, segundo os cientistas citados pela agência EFE, uma descoberta importante para a ciência já que se trata do primeiro que se localiza em águas espanholas.

Foram utilizados pelos investigadores e geólogos envolvidos na descoberta, robots e submarinos de última geração que na altura procediam à cartografia do fundo marinho.

Já se conheciam a existência de corais em águas frias “pelo que a importância desta descoberta reside no agrupamento de corais em forma de recife que dão lugar a um novo ecossistema ao qual se associam outras espécies, o que cria um habitat de grande complexidade”, explicou citado pelo jornal Publico.es, o investigador Francisco Sanchez.

Cada vez mais se vão encontrando estas espécies de recifes que pela profundidade onde se encontram diferem nas especificidades ecológicas dos corais de recife mais habituais oriundos de zonas tropicais que estão mais expostos à luz solar.

O recife encontrado em águas espanholas tem 80 mil metros quadrados e é composto principalmente pelas espécies Madrepora oculata y Lophelia pertusa.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório