Espetáculos e Exposições

“15 Unidentified Species” na Galeria Boavista

Madeira, metal e som são as notas predominantes da exposição coletiva "15 Unidentified Species" em exibição na Galeria da Boavista, Lisboa, até 27 de março. A mostra, resultante de uma residência artística de artistas nacionais e estrangeiros, con

Versão para impressão
Madeira, metal e som são as notas predominantes da exposição coletiva “15 Unidentified Species” em exibição na Galeria da Boavista, Lisboa, até 27 de março. A mostra, resultante de uma residência artística de artistas nacionais e estrangeiros, conta com obras de André Avelãs, James Beckett, Seamus Cater e Marianne Vierø.

Com curadoria de Nuno Carrusca, esta exposição tem como ponto de partida e “musa inspiradora” a Sociedade de Construções Fernandes & Fernandes, serração de madeiras localizada no bairro lisboeta de Campolide.

“Foi neste ambiente animado que cresceu o artista André Avelãs, neto e bisneto dos fundadores da serração e criador do projecto”, explica a organização.

Três outros artistas internacionais foram convidados a trabalhar durante um mês na serração, numa residência artística prolongada.

“15 Unidentified Species” segue depois para Amesterdão, onde os quatro artistas atualmente residem. Numa segunda fase, a exposição incluirá trabalhos de outros artistas, relacionados com a sensibilidade do projeto.

O projeto e a exposição são financiados pelo Município de Lisboa e pela Fonds BKVB, The Netherlands e contam com o apoio do Clube Português de Artes e Ideias, Ministério da Cultura e IGAC.

Com entrada livre, o público pode visitar  “15 Unidentified Species” até 27 de Março. O horário é das 15:00 às 18:00 horas, de terça-feira a domingo.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub