Ciência

15 minutos de exercício aumentam esperança de vida

NULL
Versão para impressão
Os benefícios do exercício são já do conhecimento geral. Mas até à data não se tinha quantificado o mínimo de exercício diário necessário para aumentar a esperança de vida. Agora, em estudo realizado em Taiwan, mostra de 15 minutos de exercício diário são suficientes para aumentar a esperança de vida em três anos, e também para reduzir o risco de morte em 14 por cento.

Publicada pela revista The Lancet, a investigação contou com mais de 416 mil participantes, homens e mulheres, que foram acompanhados durante oito anos, entre 1996 e 2008.

O objetivo do estudo era averiguar se a duração dos exercícios menor que os 150 minutos semanais recomendados ainda poderia ser benéfica para a saúde.

Os pesquisadores dividiram os participantes em cinco categorias segundo o nível de exercícios praticados: inativos ou de atividade baixa, média, alta ou muito alta.

Comparados com os inativos, os do grupo de baixa atividade – que praticavam exercício físico moderado ou intenso em média 90 minutos por semana ou 15 minutos diários – apresentaram um risco de mortalidade por qualquer causa 14% menor, um risco de mortalidade por cancro 10% menor e aumentaram, em média, a expectativa de vida em três anos.

A investigação, conclui ainda que por cada 15 minutos diários adicionais de exercício o risco de morte reduz 4% e o de morrer de um cancro 1%, independentemente da idade, do sexo ou de problemas cardiovasculares.

Os indivíduos inativos da investigação registaram 17% de aumento de risco de mortalidade comparados com os indivíduos que praticavam o mínimo de atividade física.

Clique AQUI para aceder ao estudo publicado na Lancet.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório