Cultura

10 edifícios portugueses finalistas de prémio mundial

Dez edifícios portugueses concorrem para o prémio "Edifício do Ano 2011", promovido pela ArchDaily, o site de arquitetura mais visitado do mundo. Estes edifícios, assinados por arquitetos portugueses, estão entre 70 finalistas de todo o mundo.
Versão para impressão
Dez edifícios portugueses concorrem para o prémio “Edifício do Ano 2011”, promovido pela ArchDaily, o site de arquitetura mais visitado do mundo. A Lusa anunciou ontem que estes edifícios assinados por arquitetos portugueses estão entre 70 finalistas de todo o mundo.

Ao todo são 10 projetos portugueses selcionados entre 30.000 nomeados e que estão agora a votos até 6 de Março, indica o site da ArchDaily. A votação é feita via online.

A Casa das Histórias da Paula Rego, de Eduardo Souto Moura, o Museu do Design e da Moda e do Design, do atelier liderado por Ricardo Carvalho e Joana Vilhena, e o Museu da Vila Velha, do atelier Belém Lima Arquiteto são os edifícios portugueses que concorrem na categoria “Museus e Bibliotecas”.

Já o arquiteto Manuel Aires Mateus com a Casa de Leiria e o atelier MIMA Architects com a MIMA HOUSE foram selecionados na área “Casas”.

A decoração da sede da Associação Fraunhofer (Porto) fez do atelier Pedro Silva Architects finalista na categoria “Interiores”.

A Capela Árvore da Vida (Braga) assinada pelo atelier Cerejeira Fontes Arquitetos encontra-se em votação na área da religião.

Da categoria “Espaço Público”, faz parte o arquiteto João Luís Carrilho com a ponte pedonal da Covilhã.

Por fim, a piscina municipal de Povoação (ilha de São Miguel, Açores) dos arquitetos José António Barbosa e Pedro Lopes Guimarães é finalista na categoria de “Desporto”.

O projeto vencedor será premiado com uma impressora HP Designjet T2300 eMFP. No entanto, os prémios estendem-se às pessoas que deixem o seu voto no site da ArchDaily. Serão selecionadas dois eleitores que receberão um iPad cada um.

Já em 2010, três dos sete edifícios finalistas eram portugueses: o edifício da Vodafone no Porto, o bar temporário que representou a Faculdade de Arquitetura portuense na Queima das Fitas e a Closet House, de Matosinhos.

Clique AQUI para saber mais informações do prémio e/ou votar no seu edifício preferido.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório