Saúde

1.500 recebem formação em cuidados paliativos

Mil e quinhentos profissionais da rede de cuidados continuados vão receber formação em cuidados paliativos, através de um protocolo que será assinado esta quinta-feira, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Calouste Gulbenkian.
Versão para impressão
Mil e quinhentos profissionais da rede de cuidados continuados vão receber formação em cuidados paliativos, através de um protocolo que será assinado esta quinta-feira, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Calouste Gulbenkian.

De acordo com uma nota divulgada ontem pelo ministério, a parceria visa “o alargamento da prestação de cuidados paliativos junto da população”, pelo que serão criadas quatro equipas domiciliárias no Porto, Planalto Mirandês e Mértola.

O protocolo entre a Fundação Calouste Gulbenkian, a Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados (UMCCI) e o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa para o desenvolvimento de projetos na área dos cuidados paliativos é assinado hoje no Porto, data em que se celebra o Dia Mundial da Saúde.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub